Máscaras Efêmeras: A Personalidade Efêmera entre a Sombra e a Persona

Máscaras Efêmeras: A Personalidade Efêmera entre a Sombra e a Persona

por -
0 155
Photo copyright © The Truman Show

Carl Gustav Jung não limitou o seu pensamento ao setting clínico, embora o temenos clínico sempre tenha permanecido como o cerne de suas andanças no mundo, assim como a psique individual o centro de suas reflexões. Estamos todos familiarizados com sua citação de que a psique humana precisa ser estudada porque é a causa de todo o mal futuro.

Jung é de fato muito direto sobre a relação entre indivíduo e sociedade, quando afirma: “A neurose está intimamente ligada com o problema do nosso tempo e realmente representa uma tentativa frustrada por parte do indivíduo para resolver o problema coletivo em sua própria pessoa”[1].

Como diz William Quinn: “Para Jung, a neurose da modernidade reside na busca massiva, externa, de respostas materiais”[2], para problemas que requerem uma abordagem psicológica, auto-conhecimento e auto-reflexão.

Ele viu como muitos de seus pacientes “estão sofrendo não de neurose clinicamente definida, mas da falta de sentido e vazio de suas vidas”, o que segundo ele “pode muito bem ser descrito como a neurose geral do nosso tempo”[3].

[1] CW 7, par. 18.

[2] William W. Quinn, ‘Mass man, mass society, individual solution,’ Quadrant, vol 15.2, p. 41.

[3] CW 16, par. 83.

[Leitura apresentada sob o título Transient Masks no Jung-Institut Zürich, em 14 de fevereiro de 2014. Em preparo para publicação em inglês no livro The human soul in transition, at the dawn of a new era, de Erel Shalit, lançamento previsto para o segundo semestre de 2016.]

Máscaras Efêmeras: A Personalidade Efêmera entre a Sombra e a Persona




PARA BAIXAR ESTE ARTIGO:
Cadastre-se ou Entre

Psicoterapeuta junguiano em Ra'anana, Israel. Analista didata e supervisor, é ex-presidente da Sociedade Israelense de Psicologia Analítica (ISAP). Autor de várias publicações, incluindo "The Hero and His Shadow: Psychopolitical Aspects of Myth and Reality in Israel" e "The Complex: Path of Transformation from Archetype to Ego." Seus artigos já foram publicados em revistas como Quadrant, The Jung Journal, Spring Journal, Political Psychology, Clinical Supervisor, Round Table Review, tendo referências na Encyclopedia of Psychology and Religion. Leciona em institutos profissionais, universidades e fóruns culturais em Israel, Estados Unidos e Europa.

ARTIGOS SIMILARES

0 48

0 119